TODOS TEMOS O DIREITO À EDUCAÇÃO

Todas as crianças tem direito à educação. O ensino primário deve ser gratuito e diferentes formas de ensino secundário devem estar disponíveis para todas as crianças. Os regulamentos e regras nas escolas deve respeitar a dignidade das crianças e os seus direitos. Os países mais ricos devem ajudar os países mais pobres a alcançar isto.

Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança – Artigo 28

O desafio integração

As migrações devidas a conflitos, alterações económicas e climáticas perturbou a educação de um número significativo de crianças em idade escolar que residem actualmente nos Estados-Membros da UE. Estas crianças foram deixadas de fora do ambiente escolar durante vários anos ou nunca foram incluídas nos sistemas eductivos.

A integração de crianças e jovens migrantes na educação é essencial, no entanto, os sistemas educativos baseiam-se na educação anterior e exigem uma correlação com educação prévia das crianças.

Avaliar a aprendizagem anterior de crianças migrantes / refugiadas tem sido um enorme desafio para a maioria dos países da UE, uma vez que normalmente não possuem documentação sobre os níveis de escolaridade e notas anteriores e não existem ferramentas disponíveis para avaliar o seu nível anterior de conhecimento. Além disso, o trauma psicológico, uma situação familiar difícil e a falta de conhecimento das línguas dos países de acolhimento tornam quase impossível que estas crianças sejam incluídas nos respectivos sistemas educativos oficiais.

Close Menu